Header Ads

Baiano de Kart cresce e se reinventa mais uma vez

Disputado desde 1961, Campeonato Baiano de Kart resiste ao tempo, se reinventando a cada temporada, segue crescendo, devendo reunir cerca de 50 pilotos e terá a primeira etapa no dia 11 de maio, no Kartódromo Ayrton Senna.

Zilney Campelo (07) será atração na F4.
Por: Miguel Brusell
Fotos: Gabriela Simões

Já se vão quase sessenta anos desde quando o saudoso Paulo Lanat, um dos pioneiros do automobilismo no Estado, trouxe os primeiros karts para a Bahia. Daquela época até os dias de hoje, o Kart passou por diversas fases, foi disputando nos mais diferentes locais, mas nunca deixou de ser um dos programas mais esperados do domingão dos baianos.

Etapa do Brasileiro quando o Kartódromo ainda tinha seus boxes em 2007.
Um dos motivos da sua longevidade, foi sempre se reinventar, tendo a paixão do baiano pelo Automobilismo como combustível natural para sempre ser assunto no cotidiano da cidade, nos último 60 anos. A temporada 2019 não será diferente. A reinvenção do Kart baiano vai acontecer, mais uma vez, impulsionada pelo pujante crescimento que a modalidade vem experimentando desde a sua última mutilação, quando o Kartódromo Ayrton Senna perdeu 30% da sua pista internacional (que agora não pode nem abrigar competições nacionais) e os seus 40 boxes e 60 garagens, que eram considerados um dos melhores do Brasil para a modalidade.

As novidades para 2019 começam com mudança no dia e no horário da realização das provas. Este ano, aos invés das manhãs dos Domingos, as etapas serão nas tardes dos Sábados, começando às 13 horas. As categorias cresceram e mudaram de nome. Agora passam a se chamar F4, F4 Light e a Rental, disputada com karts alugados, que continua com o mesmo nome.

A F4 e a F4 Light começarão, no mínimo, com 17 pilotos cada.
A diferença é que a categoria passa a ser individual e não mais disputada em duplas, como era desde quando foi criada, em 2017. Todas as categorias cresceram. A F4 e a F4 Light começarão, no mínimo, com 17 pilotos cada. A F4 irá receber pilotos que disputaram na B no ano passado e a Light passa a contar com pilotos que participaram da Rental. A categoria com karts alugados deve começar com mais de 10 pilotos.

Vendo o crescimento da modalidade, alguns pilotos que estavam parados, como o multicampeão Alexandre Rosário, Saulo Dandi, Marcus Braga, o Gaúcho e João Gonçalves já confirmaram o retorno à disputa. Outra novidade na pista será o jovem piloto Diogo Moscato, de 14 anos o formado na Escolinha de Kart do Kartódromo. Foi dada a largada.



Nenhum comentário